Entenda Agora Todos Os Aspectos Sobre A Falencia De Empresas Post - Contabilidade Em Pirituba | Contábil Pirituba

Falência: entenda tudo sobre e fuja desse cenário

Entenda tudo sobre a falência e fuja desse cenário

Chegou a hora de entender tudo sobre a falência e manter o seu negócio bem longe desse cenário

Ter um negócio faz parte dos sonhos da maioria dos brasileiros, afinal, essa é uma oportunidade de colocar suas ideias e talentos em prática, aumentar sua renda e, ainda, tornar-se independente financeiramente.

Entretanto, por trás de todos esses aspectos que fazem com que empreender pareça um mar de rosas, existem muitos pontos os quais podem abalar a estrutura de qualquer um que não esteja extremamente preparado.

Para garantir o sucesso da sua empresa, é preciso ter ideias inovadoras, oferecer um produto ou serviço de excelência, investir fundos em todos os departamentos essenciais, criar uma presença marcante nas redes sociais…

Todas essas tarefas, em tempos normais, poderiam até ser um pouco mais fáceis, mas a realidade é que, no momento, estamos inseridos em um cenário extremamente perigoso e difícil para realizar até mesmo a atividade mais simples.

Por conta da pandemia que enfrentamos atualmente devido ao novo coronavírus, as coisas ficaram um pouco mais apertadas para todos, inclusive para empresas que já tinham seu nome estabelecido e uma boa estrutura.

Segundo os dados do IBGE, apenas no começo da pandemia, entre 2,7 milhões de empresas, 70% delas afirmaram que a pandemia trouxe um impacto negativo para as suas atividades.

Os números são assustadores… Com o decorrer dos meses dentro desse cenário, as coisas pioraram para todos os tipos de negócio, obrigando alguns deles a fecharem suas portas e declarar falência.

Você teme pelo futuro da sua empresa e quer fugir dessa possibilidade? Quer lutar para que a sua empresa não entre em falência, mas não sabe o que fazer? Ainda não conhece muito bem os motivos que podem te levar a encerrar as atividades?

Você está no lugar certo! Continue lendo este artigo, pois iremos esclarecer todos os pontos que envolvem a falência. Hoje, você irá descobrir o que pode te levar à falência e o que pode fazer para ficar longe dela.

Sendo assim, vamos lá!

O que, de fato, é a falência?

O primeiro passo para entendermos como escapar da falência é defini-la, de forma que entendamos seu conceito e funcionamento de forma completa.

Muitas pessoas entendem a falência apenas como o ato de fechar as portas por não haver mais nenhum dinheiro. 

Mas, ao contrário do senso comum que existe por aí, o conceito de falência pode ser muito mais complexo – e isso pode enganar muitos empreendedores.

Se um dono de negócio acredita que só terá que fechar as suas portas nessa situação irreversível, pode ser que ignore a possibilidade e tente continuar suas atividades mesmo com dificuldade.

Na realidade, de acordo com as leis estipuladas pela advocacia, a falência tem como objetivo tornar esse processo menos prejudicial para ambas as partes.

Sendo assim, a Lei de Falências, regulamentada pela Lei nº 11.101 de 2005, trata-se de um processo legal e que acontece dentro da impossibilidade do pagamento de dívidas de uma empresa.

No entanto, esse processo deve acontecer antes de uma empresa encerrar as atividades, realizando uma negociação entre proprietários e credores para que as dívidas sejam pagas, evitando maiores prejuízos para todos.

Mas agora você pode estar se perguntando: “como essas dívidas serão pagas se a empresa não tem mais nenhum valor disponível?”. Então, vamos à ordem dos fatos.

Primeiro, é necessário que a empresa, cônjuges do empresário, cotistas de sociedades ou os próprios credores declarem e comprovem que não há mais possibilidade de realizar as atividades por falta de orçamento.

Após a declaração, é feita uma averiguação dos motivos apresentados e do saldo da empresa por parte da sindicância.

E é aí que entra a parte que ninguém sabe: o pagamento das dívidas pode ser feito por meio da venda dos patrimônios pertencentes à empresa falida.

O valor adquirido é dividido entre os credores, isso a fim de pagar todas as dívidas da instituição – lembrando sempre que a principal intenção do processo de falência é ajudar essas pessoas ou instituições que saíram perdendo.

Assim, é finalizado o processo de falência, permitindo às empresas o fechamento de suas portas e, muito importante, sem deixar ninguém na mão.

Como meu negócio pode evitar a falência?

Como vimos, o processo de falência pode ser bem desagradável para os empresários. Ninguém quer um fim tão triste para o seu negócio.

Por isso, neste artigo, além de te informar sobre as verdadeiras etapas da falência, também iremos te ajudar a se precaver e fugir dessa situação horrível.

As informações passadas serão de grande ajuda para os negócios que estão bem financeiramente e não querem correr nenhum risco, mas também para aqueles que podem estar se complicando em meio à pandemia.

De forma geral, as dicas que serão passadas são do âmbito de gestão de empresas. Sendo assim, não haverá nenhuma ideia mirabolante, todos os tópicos são baseados em atividades que são praticadas durante toda a vida de um negócio.

Dito isso, vamos às dicas para fugir da falência!

1- Controle financeiro

A primeira das nossas dicas precisava ser sobre o controle financeiro, afinal, ele trata justamente do dinheiro da sua empresa, que é o motivo central da falência.

Com um bom planejamento financeiro, você poderá se planejar e controlar diversas questões que eventualmente podem te colocar em cenários delicados.

Sendo assim, nesse processo, você irá reunir e conhecer todas as informações financeiras da sua empresa, de forma que consiga visualizar a sua situação como um todo.

Tendo essa noção, será possível encontrar falhas, gastos desnecessários, desperdícios e dívidas – possibilitando que você as remedie com antecedência.

Além disso, com o planejamento financeiro em execução, será possível criar metas, guardar dinheiro, fazer investimentos necessários e estar sempre em dia com suas obrigações.

2- Obrigações fiscais

Toda empresa tem as suas obrigações tributárias para lidar, então, é muito importante gerir muito bem todas elas para que não haja atraso e ausência de pagamentos.

Qualquer problema com o prazo desses pagamentos pode trazer multas e taxas para o seu negócio, interferindo, dessa forma, na saúde financeira da sua empresa.

Mantendo suas obrigações fiscais em dia, você garante que não haverá gastos maiores que os essenciais para manter a sua empresa em funcionamento.

3- Departamento pessoal

Cuidar do departamento pessoal da sua empresa é imprescindível para garantir a satisfação dos seus funcionários – que, no fim das contas, fazem a sua empresa andar.

Por isso, tenha um departamento pessoal bem gerido, que cumpra todas as obrigações ligadas aos colaboradores, garantindo, assim, todos os seus direitos.

Funcionários, quando infelizes, podem causar muito prejuízo para a empresa, afinal, o seu desempenho terá menos agilidade e qualidade.

Além disso, também é possível receber processos, e pagar mais do que o necessário é um caminho que te leva diretamente para a falência.

4- Análise setorial

Conhecer o mundo que envolve a sua empresa é essencial para tomar as melhores decisões possíveis para o sucesso do seu negócio.

Por isso, invista em análises setoriais e explore a opinião do seu público-alvo sobre os seus concorrentes. Assim, sua empresa pode evitar erros antes mesmo de cometê-los e pode, também, aplicar soluções que funcionaram para outros negócios.

Além disso, corra para os meios de comunicação e descubra sobre o que estão falando, pedindo, tudo que está em alta e que pode ser usado pelo seu negócio.

A análise setorial também pode te mostrar se os seus fornecedores de matéria-prima, produtos ou mantimentos estão realmente te oferecendo o melhor serviço do mercado.

Busque alternativas mais baratas, mas que ainda assim tenham qualidade e diminua os seus gastos com compras, dessa forma, você terá mais dinheiro disponível e ficará longe da falência.

5- Regularidade do negócio

Essa dica diz respeito a processos que devem ser realizados logo na abertura da sua empresa, afinal, é preciso garantir a regularidade do seu negócio para não ter que pagar multas.

Sendo assim, garanta que a sua empresa foi aberta conforme as estipulações previstas, se possui todos os alvarás e autorizações necessárias para funcionamento e mantenha-se sempre em dia para visitas de avaliação.

Dessa forma, você terá menos gastos com imprevistos e não precisará fechar as portas durante processos de manutenção e regulação, ficando cada vez mais distante da temida falência.

6- Marketing

Uma das melhores alternativas para captar mais clientes e aumentar a lucratividade do seu negócio é investir pesado no marketing.

Quanto mais verem e conhecerem o seu negócio, mais chances você terá de conquistar o seu público-alvo e vender muito!

Por isso, não tenha medo de fazer esse investimento, principalmente no marketing digital, que de forma barata e rápida pode alcançar um alto número de pessoas e ainda fazer parte da vida delas.

Procure as tendências e elabore textos, vídeos, imagens, podcasts, blogs, e-mails e qualquer outra atividade que está sendo utilizada hoje em dia.

Os clientes gostam de empresas que estão presentes e atualizadas, então, não perca tempo e use essa estratégia para fugir da falência.

7- Software de administração

O número de documentos, contas a pagar, dados, informações importantes e tarefas de uma empresa podem ser incontáveis, e isso faz com que muitas pessoas se percam nos processos.

Por isso, um software de administração surge como uma ótima alternativa, que promete te ajudar a organizar toda papelada e informação importante da sua empresa.

Dessa forma, qualquer dado ficará muito mais acessível, permitindo que o número de atrasos e perdas diminua, evitando, assim, a perda de dinheiro.

Isso sem mencionar que trabalhar com a digitalização de todos os dados da sua empresa também pode promover uma grande economia com compras de materiais de papelaria.

Essas dicas são essenciais para o bom funcionamento da sua empresa, evitando, dessa forma, imprevistos e falta de orçamento para lidar com as suas obrigações.

Entretanto, esse processo de organização pode ser feito por meio de uma recuperação judicial, que é um processo legal muito utilizado por empresas que estão muito perto da falência.

Na recuperação judicial, será possível realizar a reorganização financeira, econômica e administrativa de um negócio, entretanto, sob os olhos da Justiça.

Para realizar esse processo, a empresa em questão deve se encontrar em uma situação em que já não tem condições de pagar suas dívidas.

Sendo assim, ela apresenta “sintomas” – como funcionários sem motivação, desorganização administrativa e financeira, problemas tributários e fiscais e não ser mais capaz de gerar valores.

Nesse sentido, a recuperação judicial pode ser vista como uma luz no fim do túnel para empresários que já conseguem visualizar a falência como única alternativa.

Por isso, se o caso do seu negócio já está mais grave e sente que não há tempo para colocar as nossas dicas em prática, não tenha medo de recorrer a esse recurso.

A contabilidade está aí para te ajudar!

Cuidar da sua empresa de forma que a falência não seja um pesadelo se tornando realidade pode demandar muito esforço, tempo, habilidade e investimento.

Inclusive, a falta desses recursos faz com que muitas empresas percam o controle e tenham que fechar as portas, desistindo, assim, de seus maiores sonhos.

Porém nem tudo está perdido, afinal, você pode contar com uma contabilidade preparada para te livrar dessa situação terrível.

Contratar o serviço de contadores pode te ajudar a resolver pendências, aumentar a rentabilidade da sua empresa e, ainda, colaborar para que essas e outras dicas sejam colocadas em prática com sucesso.

A Contábil Pirituba pode te ajudar a se manter seguro!

Por isso, conte com a ajuda de quem mais sabe sobre esse processo tão complicado e pode te ajudar em todos os momentos e etapas da sua empresa. 

Nós, da Pirituba, temos à nossa disposição profissionais da contabilidade extremamente capacitados para lidar com todas essas burocracias que aparecem impossíveis de serem resolvidas.

Com a ajuda da nossa contabilidade, você pode realizar suas tarefas principais tranquilo de que a falência está muito distante do seu negócio e não pode te atingir nessa pandemia.

Logo, não perca mais tempo e se livre da falência de uma vez por todas! Podemos ajudar a sua empresa a chegar ao sucesso mesmo nesse momento tão difícil.

Basta entrar em contato conosco e te apresentaremos todas as soluções que podemos te oferecer. Estamos prontos para te atender, logo, venha conhecer a Contábil Pirituba e garanta a segurança que você e sua empresa precisam!

QUERO OBTER SUCESSO NO MEU NEGÓCIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços…
Pesquisar