Evite Perdas Financeira No Seu Negocio Com Esse Metodo De Sucesso Post (1) - Contabilidade Em Pirituba | Contábil Pirituba

Perdas financeiras – Como evitar?

Dê um fim às perdas financeiras que impedem o seu negócio de crescer!

Com o que vamos te mostrar hoje, as perdas financeiras não serão mais uma realidade na sua empresa

Você já olhou ao redor e viu empresas concorrentes crescendo exponencialmente e sentiu a sua estagnada ou com grandes dificuldades para evoluir? 

Muitos empresários sentem isso em algum momento, e pode ser apenas uma impressão ou um indicativo de que algo precisa ser revisto. 

Infelizmente, na maior parte dos casos, costuma ser um indicativo de que algo está errado… 

E diversos fatores podem causar uma certa estagnação em seu negócio, contudo, o fator em comum que todos geram são as perdas financeiras. 

E com perdas financeiras, perde-se oportunidades de investimentos, melhorias, fôlego de caixa e, em caso mais extremos, pode até gerar problemas com as contas a pagar. 

Ou seja, é um cenário que, sem sombra de dúvidas, a sua empresa precisa evitar. 

E é por termos conhecimento sobre essa realidade que preparamos o artigo de hoje com foco em te mostrar como evitar perdas financeiras na sua empresa, mostrando os principais fatores que levam a isso e soluções que você pode – e deve – colocar em prática o quanto antes!

Mas é possível não ter perdas financeiras? 

Nenhuma empresa quer perder capital, aliás, muito pelo contrário, a alta lucratividade é um objetivo comum. 

Entretanto, nós também não podemos passar uma mensagem ilusória de que, ao aplicar os métodos que vamos apresentar aqui, a sua empresa nunca mais terá uma perda financeira sequer. 

A realidade é que empreender envolve riscos. E quando você assume riscos, perdas e ganhos fazem parte do processo. 

A grande questão é conseguir acompanhar quão graves estão sendo as perdas financeiras da sua empresa. 

Afinal, é possível que um investimento gere algum tipo de perda, porém, se isso colocar todo o seu financeiro em riscos, é sinal de que há problemas que você precisa corrigir. 

Sendo assim, todos o métodos que vamos te mostrar são pensados não somente em evitar as perdas, mas saber identificar até que ponto tem sido prejudicial ou não. 

Para isso, antes de tudo, é preciso entender quais são as causas que levam sua empresa a ter perdas financeiras, e é justamente sobre isso que falaremos a seguir.

Perdas financeiras – Quais as causas? 

Podemos ter diversas respostas para esse questionamento, uma vez que diversos gargalos em uma gestão empresarial são capazes de gerar perdas financeiras. 

Contudo, você sabe bem a correria que é o dia a dia de atividades de sua empresa e que, muitas vezes, algumas coisas acabam ficando de lado ou não recebendo a atenção que deveriam. 

Porém, é essencial se atentar a tudo isso e fazer uma análise completa quanto à situação da sua empresa, de forma a identificar o que, de fato, tem causado perdas financeiras. 

De forma geral, existem algumas causas que são presentes em diversas empresas, portanto, vamos evidenciá-las. 

Não ter controle do fluxo de caixa 

O fluxo de caixa é um dos maiores aliados de qualquer empresa e, ainda assim, é deixado de lado. 

Para que o fluxo de caixa seja realmente eficiente, todas as movimentações financeiras – sem exceções – precisam ser registradas.

Logo, o ideal é que esse controle seja diário e contínuo, para que ele esteja sempre atualizado e eficientemente cumpra com seu papel de registrar tudo que entrou e saiu e de oferecer um indicativo sobre a saúde financeira da empresa.

Sem esse controle, sua empresa pode ter mais custos do que o necessário e não saber exatamente para onde este capital está indo. 

Misturar finanças pessoais com as da empresa 

Esse é um erro muito comum e que pode ser fatal para um negócio.

Apesar de você ser o proprietário da sua empresa, é crucial ter muito bem separado as contas que são suas das que são da empresa, bem como não retirar mais dinheiro do caixa do que seu pró-labore.

Ainda que seja um valor pequeno, que parece não influenciar grandemente nas finança da empresa, de R$ 10,00 em R$ 10,00 que são retirados, no fim do mês, um rombo é feito no seu caixa. 

Portanto, ter a separação e respeitá-la é crucial para a própria saúde financeira da empresa.

Não ter controle de contas a pagar e a receber 

Ter esse controle é essencial para que: 

  1. Você esteja em dia com o que precisa pagar; 
  2. Não deixe de receber receita. 

Contudo, sem um controle de tudo que precisa ser pago ou recebido no mês, por exemplo, não é difícil de acabar esquecendo de algo, por conta da rotina corrida que empresas têm. 

E, com isso, garantir que tudo foi pago e recebido se torna praticamente impossível. 

E se você precisar arcar com multas pela falta de pagamento em dia de contas ou deixar de receber algo que está sendo devido à sua empresa, as perdas financeiras são uma consequência inevitável. 

Ausência de planejamento tributário

Os tributos são uma realidade que todo empresário precisa lidar, e é um desafio comum a todos. 

E se a sua empresa não possui um planejamento adequado, feito pensando nas especificidades da atividade, natureza jurídica, porte e faturamento do seu negócio, as chances de você pagar mais impostos do que deve são altas.

E convenhamos que os impostos devidos já são altos, imagina exceder esses valores sem necessidade… 

São perdas financeiras realmente prejudiciais. 

Portanto, se a sua empresa não possui um planejamento tributário, é preciso rever essa situação para evitar sérias consequências no seu caixa. 

Investimentos mal planejados 

Você já tomou uma decisão no impulso porque, naquele momento, parecia que nada poderia dar errado? 

Comumente, esse é o cenário ideal para investimentos sem planejamento, e eles são uma fonte certeira de perdas financeiras. 

Afinal, investir é algo que demanda análise, estudo financeiro, estudo dos riscos e uma previsão de qual será o retorno obtido. 

Sendo assim, é preciso de muito planejamento para fazer um investimento assertivo, que gere um retorno satisfatório e benéfico para o seu negócio. 

Sem isso, são riscos que podem trazer consequências irreversíveis. 

Custos e despesas excessivos 

Você analisa o que é comprado para sua empresa? 

Você analisa se todos os custos e despesas existentes são realmente necessários?

Muitas vezes, empresas possuem custos e despesas excessivos, que, se fossem diminuídos, não iriam impactar na qualidade da atividade da sua empresa. 

Logo, esse excesso é caracterizado como perda financeira para o seu negócio, que poderia fazer uso desse capital para outras coisas que gerassem um retorno vantajoso para o negócio.

Dessa forma, é crucial analisar periodicamente o que tem gerado custos e despesas, se são realmente necessários e se é possível diminuir ou até mesmo eliminar. 

Como mudar essas situações e dar fim às perdas financeiras? 

Agora que já falamos sobre as causas mais comuns e que são presentes em diversas empresas brasileiras, a grande questão é: 

Como evitar que tudo isso ocorra e dar fim às perdas financeiras? 

Como nós não estamos aqui apenas para evidenciar problemas, mas, sim, te dar soluções, vamos te mostrar como corrigir cada ponto e garantir a excelência do seu negócio. 

Já adiantamos que todas essas medidas demandam mudanças de hábitos em sua empresa, demandam tempo, dedicação e planejamento, mas isso é vital para uma empresa de sucesso. 

Portanto, vamos às soluções…

Analise a sua empresa 

Nós vamos apresentar uma solução para cada um dos principais problemas que evidenciamos, contudo, o gargalo da sua empresa pode ser outro que não evidenciamos aqui – e a melhor forma de descobrir e solucionar isso é analisando a sua empresa. 

Para isso, uma auditoria interna é essencial, onde serão identificados os déficits financeiros específicos da sua empresa e, assim, você conseguirá realmente acabar com todos os problemas.

Fluxo de caixa efetivo 

Como evidenciamos, a falta de controle no fluxo de caixa é um grande problema, logo, a solução para isso é ter esse controle. 

Para isso, não é tão difícil, contudo, demanda disciplina e comprometimento para: 

  • Atualizar todas as movimentações financeiras; 
  • Separá-las entre entradas e saídas; 
  • Fazer uso de planilha ou software específico para isso. 

Contudo, com esses três pontos bem executados, você já tem um controle de fluxo de caixa consolidado, que será crucial para demonstrar se estão tendo muitas entradas ou saídas, ou seja, um panorama das finanças da empresa. 

Separar finanças e contas 

Antes de tudo, você deve respeitar a separação da sua conta como pessoa física e sua conta como pessoa jurídica.

Tudo que está em sua conta PJ deve ser tratado justamente como o que é: finanças da empresa. 

Assim, você evita desorganização financeira e não compromete o pleno funcionamento do seu negócio. 

Se você não tem um pró-labore definido ou uma porcentagem dos lucros que destina justamente para isso, já passou da hora de definir isso e respeitar a risca o que for estipulado.

Lembre-se: a disciplina dentro da empresa deve começar por você.

Evidenciar contas a pagar e a receber 

Atualmente, é possível realizar isso de diversas formas e garantir que perdas financeiras não ocorram. 

Afinal, é possível ter uma agenda física, um software de gestão empresarial com esse recurso ou até mesmo elaborar uma planilha para essa finalidade. 

O ponto é: você não tem porque não controlar eficientemente suas contas a pagar e a receber. 

No início de cada mês, o ideal é fazer um levantamento de tudo que precisa ser pago e deixar registrado onde você e os responsáveis pelos pagamentos e recebimentos em sua empresa possam visualizar – juntamente com cada prazo de vencimento. 

Assim, você consegue garantir que nada será esquecido e basta atualizar isso todo mês, quinzena ou semanalmente, da forma que for mais coerente com a realidade da sua empresa. 

Planejamento tributário 

Não dá para ficar pagando impostos que você não deve, não é mesmo? 

Aqui, o suporte de profissionais contábeis é simplesmente indispensável. 

Tendo esse suporte, você terá um planejamento que: 

  • Considera as especificidades do seu negócio; 
  • Enquadra no regime tributário mais adequado; 
  • Aplica os benefícios fiscais e aplica todas as manobras de redução de tributos que as legislações permitem; 
  • Garante os menores valores de alíquotas possível. 

Assim, perdas financeiras originadas por um valor pago a maior ao Governo não serão uma realidade em seu negócio. 

Planeje cada ação 

Não apenas os investimentos – apesar dessa solução ser voltada para isso -, mas todas ações que você for tomar em sua empresa precisam ser bem ponderadas. 

O futuro da sua empresa ou a falência dela dependem das suas ações, dependem do seu controle financeiro e do quanto você planeja, prevê riscos e entende os limites que o negócio tem. 

Por isso, antes de realizar qualquer investimento ou tomada de decisão que cause grandes impactos, pare e analise bem a situação, os riscos e as consequências. 

Estude o seu fluxo de caixa 

A melhor forma de evitar custos e despesas excessivos, que geram grandes perdas financeiras, é estudando o seu fluxo de caixa. 

Com ele funcionando da forma adequada, é possível identificar quais os custos e despesas existentes e quais têm maiores valores, tornando possível avaliar se aquilo é, de fato, necessário. 

Dica bônus 

A nossa dica bônus é… Reserva financeira!

Como evidenciamos inicialmente, não é possível garantir que sua empresa nunca mais terá perdas financeiras, porém, além de todas as medidas que apresentamos, é possível estar preparado para possíveis adversidades. 

E a reserva financeira é o caminho para isso. 

Sendo assim, mantenha seu caixa sempre preparado para lidar com momentos de crise, com recessões econômicas e imprevistos, assim, ainda que perdas financeiras ocorram, você será capaz de recuperar a sua empresa e mantê-la de pé. 

Conte com a Pirituba para dar fim às perdas financeiras! 

Em tudo que evidenciamos, o suporte de uma contabilidade é vital para que os problemas sejam corrigidos de forma adequada. 

E nós, da Pirituba, estamos prontos para colocar essas medidas em prática na sua empresa o quanto antes! 

A nossa equipe de especialistas possui a expertise e experiência que são necessárias para promover a saúde financeira do seu negócio, evitando problemas e dores de cabeça no seu dia a dia. 

Portanto, não hesite em entrar em contato conosco e entender melhor tudo que podemos fazer por você. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
Seja por redução de gastos ou expansão, é comum que…
Pesquisar