Saber Quais Os Documentos E O Prazo Para Declarar Seu Imposto De Renda 2022 E Essencial Para Evitar Problemas Com A Receita Blog - Contabilidade Em Pirituba | Contábil Pirituba

Saiba aqui tudo sobre documentos e sobre prazos para declarar IR 2022

Documentos e prazo para declarar IR 2022

Saiba tudo sobre o prazo e sobre os documentos necessários para declarar o IR 2022 e evite problemas com a Receita Federal. Leia o nosso artigo e confira!

Uma dúvida comum de muitos contribuintes sobre como declarar o Imposto de Renda 2022 diz respeito a quais os documentos e os prazos a serem cumpridos.

É importante que todas as pessoas que necessitam declarar o IR em 2022 saibam exatamente se são obrigadas e como fazer.

Do contrário, isso pode ocasionar problemas bastante sérios, como é o caso das pendências que estão relacionadas com o CPF ou com o CNPJ.

Se você também possui muitas dúvidas sobre prazos e sobre documentos para fazer a declaração do seu IR 2022, este artigo será muito útil.

Você precisará apenas documentar tudo aquilo que teve de gasto e seu rendimento anual, bem como quais são os prazos que precisam ser cumpridos.

Deixar para declarar Imposto de Renda 2022 de última hora gera muitos problemas, inclusive é possível que você caia na malha fina.

As informações que nós separamos aqui serão muito importantes para que você possa tirar qualquer dúvida que tenha sobre esse conteúdo.

Leia todo o texto até o final para evitar que seu nome fique sujo e com pendências junto à Receita Federal, bem como as possíveis penalizações que possam vir a ocorrer.

Acompanhe!

Imposto de Renda: o que ele é?

A primeira coisa sobre a qual precisamos falar é o que significa o Imposto de Renda, tema que ainda gera muitas dúvidas, mesmo sendo muito difundido.

O Imposto de Renda 2022 está chegando, e é normal que muitos contribuintes não saibam se precisam declarar e quando fazer a declaração dele.

O IR, que no Brasil é chamado de Leão, foi criado no ano de 1922 e já vai completar 100 anos.

Entretanto, mesmo com quase um século de existência, é comum encontrar contribuintes confusos sobre vários pontos referentes a ele.

Existem diversas regras que precisam ser analisadas a respeito da declaração, como é o caso da inclusão dos contribuintes e dos documentos necessários para preencher as informações requisitadas.

Todos esses dados serão mostrados a partir de agora, nos próximos tópicos sobre o Imposto de Renda 2022.

Declaração do Imposto de Renda 2022: como fazer?

Primeiramente, falaremos sobre quem é que deve fazer a Declaração do Imposto de Renda 2022.

É essencial que você saiba se está dentro da lista de pessoas que serão obrigadas a fazer a declaração no próximo ano.

Para isso, é preciso cumprir vários critérios que vão tornar a declaração obrigatória ou não para você como contribuinte.

A seguir, veja uma lista com todos esses critérios que precisam ser seguidos por você para que seja obrigatório declarar seu IR:

  • Se você teve rendimentos tributáveis, no último ano, que foram superiores a R$ 28.559,70, o que quer dizer que se, por mês, recebeu salário ou aposentadoria igual ou superior ao valor de $ 1.903,98, então é obrigatório fazer o pagamento do IR 2022;
  • Se você teve uma renda, no último ano, que foi superior ao valor de R$ 300 mil, então precisa pagar o Imposto de Renda 2022;
  • Se você recebeu determinados valores que eram referentes aos bens, às indenizações, às pensões, aos investimentos nas bolsas de valores ou qualquer outro rendimento similar, é preciso declarar o IR 2022;
  • Se os seus rendimentos isentos foram superiores ao valor de R$ 40 mil;
  • Se você fez uma venda ou comprou imóveis no ano anterior, também precisará declarar o IR no ano de 2022;
  • Se você realizou qualquer tipo de atividade rural e obteve uma renda superior a R$ 142 mil, então é preciso fazer a declaração do seu IR no próximo ano.

 Qual é o prazo para Declaração do Imposto de Renda 2022?

Um ponto de extrema importância a respeito da declaração do Imposto de Renda do próximo ano, antes de realizá-la, é entender os prazos para fazer a sua.

Muitos contribuintes acabam sofrendo problemas justamente pelo fato de que não sabem qual é o prazo final para fazer a declaração do IRPF.

Como perdem esse prazo, eles acabam sofrendo muitos problemas futuros relacionados a multas e a penalizações decorrentes da malha fina, por exemplo.

Portanto, você precisa saber que a Declaração do Imposto de Renda 2022 deve acontecer entre o dia 1º de março a 30 de abril do próximo ano.

A falta de atenção a esse prazo, como dito, pode fazer com que você lembre-se de declarar apenas depois de vários meses.

Quando você se dá conta da situação, o problema já virou uma bola de neve enorme e que vai ficar mais difícil de solucionar, principalmente sem auxílio de um contador.

 Documentos necessários para declarar IR 2022

Agora que nós já falamos dos prazos, o próximo passo é entender quais são os documentos necessários para declarar o Imposto de Renda 2022.

Isso porque você precisa buscar alguns documentos que são necessários para comprovar todos os gastos anuais que teve dentro do ano-calendário.

Na verdade, você deve buscar esses documentos antes mesmo de haver a abertura do prazo para entrega da declaração do IR 2022.

Afinal, no caso de faltar um dos documentos que seja necessário para a declaração, você poderá ir em busca de uma nova via dele.

Quanto antes for possível obter esse documento, menos problemas serão gerados para você quando chegar o momento de declarar o seu Imposto de Renda 2022.

Você ainda precisará ter em mãos os informes dos rendimentos provenientes das fontes pagadoras e/ou das instituições financeiras.

Os recibos tanto de pagamentos quanto de compras também são essenciais e não podem deixar de faltar no momento de reunir seus documentos.

O conhecimento sobre os documentos se faz necessário tanto quanto a atenção aos prazos, justamente para garantir uma entrega mais rápida da declaração.

Isso tudo considerando qual é o prazo a ser estabelecido pela Receita, o que vai garantir também que você seja restituído logo no 1º lote.

Categorias de documentos a serem declarados

É muito importante que você saiba exatamente quais são as categorias de documentos que devem ser declarados no IR 2022.

Eles podem ser definidos em 4 categorias, que são:

  • Documentos relacionados aos bens;
  • Documentos relacionados aos pagamentos;
  • Documentos relacionados às rendas;
  • Documentos relacionados às dívidas.

Como fazer a declaração do IR 2022?

Muitos contribuintes têm dúvidas também a respeito de como realizar a Declaração do Imposto de Renda, o que pode atrasar muito o processo.

A declaração do IR é feita de forma completamente virtual, o que torna tudo bem mais simples na prática.

O período para começar a declarar o IR 2022 é março, sendo possível, então, acessar diretamente o site oficial da Receita.

Uma outra opção é baixar o aplicativo do Imposto de Renda para fazer a declaração por lá.

Esse programa da Receita você pode baixar em um computador, em um celular ou em um tablet.

Ele oferece o máximo de segurança que é necessária para que o contribuinte realize o processo completo da melhor forma e sem preocupação.

Assim que você tiver feito o download e instalado o aplicativo, torna-se possível, enfim, fazer a declaração dos rendimentos que teve no ano.

Os rendimentos são referentes aos seus bens, aos seus investimentos, aos seus dependentes etc.

Lembre-se de sempre fazer a revisão de todos os critérios que tornam obrigatório realizar a declaração do IR 2022.

Depois, você deve fazer um cálculo simples para entender se é ou não obrigado a fazer a declaração do seu imposto.

No caso de você precisar fazer a declaração, é essencial juntar todos os seus documentos e os dados que se façam necessários.

Os dados ou os documentos, como dito, devem ser referentes a você, aos seus dependentes, aos seus empregadores ou às fontes pagadoras.

Você pode fazer, por enquanto, o download da versão 2021 do programa IRPF, já que a de 2022 ainda não está disponível.

Essa é uma forma de você ir habituando-se com o modelo do software.

 Preenchendo as informações necessárias

Com o aprendizado do software, você poderá começar o preenchimento dos formulários disponíveis no programa usando dados pessoais.

Se você tiver dependentes em seu nome, os dados deles devem ser todos incluídos na opção da ficha “dependentes”.

Você precisa fazer a informação dos rendimentos que são tributáveis e dos que não são tributáveis, o que acaba gerando muitas dúvidas para os contribuintes.

No programa, é preciso colocar quais pagamentos foram feitos, algo importante, sobretudo porque pode gerar certas deduções.

Os pagamentos devem ser colocados nos campos nomeados de: 

  • Pagamentos efetuados;
  • Imposto de Renda retido na fonte;
  • Carnê-Leão;
  • Doações efetuadas.

Por último, é preciso preencher todas as informações na declaração que sejam referentes aos bens, aos direitos, aos ônus e às dívidas.

É importante saber que, nessas categorias, você vai precisar incluir todos os veículos, os imóveis, os saldos das poupanças e os bens que tenham um valor de aquisição superior aos R$ 5 mil, bem como também as dívidas.

Depois que tudo isso for feito, você pode fazer, então, o envio da sua declaração para a Receita Federal.

Se tiver faltado qualquer informação a ser preenchida, você deverá clicar na opção “dependências”.

Isso vai permitir saber se há ou não algum dado que deveria ter sido preenchido na sua declaração.

Caso esteja tudo certo, você poderá fazer o envio por meio da opção “entregar a declaração”.

Após isso, basta fazer a emissão de DARF para que seja possível proceder o pagamento do seu Imposto de Renda, evitando, assim, qualquer problema futuro.

Declaração de dependentes no IR: como fazer?

Alguns contribuintes acabam caindo na chamada malha fina por cometerem um erro bastante básico: eles esquecem de declarar os dependentes no IR.

Todo contribuinte que tiver um ou mais dependentes legais deverá fazer a inclusão deles na declaração.

Isso vai resultar em abatimentos diretos nos impostos que são devidos, mas é preciso atenção também.

Isso porque há um limite de dedução por cada dependente em sua declaração no ano de 2022, então evite deduzir o valor errado e ter que pagar depois.

Você poderá incluir como dependentes na sua declaração do IR pessoas como:

  • Irmãos;
  • Filhos;
  • Enteados;
  • Pai;
  • Avós;
  • Netos;
  • Cônjuges.

Lembre-se sempre de que todas as condições devem ser respeitadas para garantir que não será preciso realizar modificações posteriormente em sua declaração.

As informações necessárias sobre cada dependente seu na ficha da aba do IR são: o nome completo, o número do CPF e, ainda, a data de nascimento deles.

Além disso, você deve também dar destaque ao fato de que as pessoas que são declaradas como seus dependentes não poderão entregar a sua própria Declaração do Imposto de Renda 2022.

Se isso acontecer, há um risco enorme de que se caia na malha fina e de que haja problemas futuramente com a Receita Federal, que podem gerar muita dor de cabeça.

Conte com a Pirituba!

O Imposto de Renda 2022 está chegando e é preciso conhecer quais os documentos necessários e os prazos para fazer a sua declaração.

Aqui, você pôde conhecer mais sobre essas informações, mas é essencial ter em mente que contratar um contador fará uma grande diferença.

Para ter os serviços da Contábil Pirituba, entre em contato conosco e faça a declaração do seu imposto da maneira certa.

Somos uma empresa com grande experiência e com expertise para ajudar a fazer a Declaração do Imposto de Renda 2022 da forma mais eficiente para a sua empresa.

ENTRAR EM CONTATO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
Criação e envio da ata condominial: conheça tudo sobre o…
Pesquisar