Imposto De Renda

IRPF 2019 – Entenda como realizar a declaração!

O prazo para entrega da declaração do IRPF 2019 já começou desde o dia 7 de março e irá até 30 de abril. Justamente por isso, preparamos essa postagem para que você não tenha problemas com o Leão da Receita.

Se você teve uma receita superior a R$ 28.559,70 no ano de 2018, está obrigado a realizar a declaração do IRPF 2019, portanto, como forma de te ajudar com esse processo separamos algumas das dúvidas que mais incomodam os declarantes na hora expor os seus rendimentos e despesas e te livrar de problemas com a Receita Federal!

O que é o IRPF e como declarar?

O IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física – é uma tributação federal que incide sobre a renda anual do contribuinte como forma de arrecadamento do Governo Federal para a gestão do país.

Não somente no Brasil existe a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, nem tampouco somos o país com a carga mais alta dessa tributação, – podendo chegar a 27,5% de arrecadação dos rendimentos, – contudo, é preciso se atentar a uma declaração bem feita, pois querendo ou não é um dinheiro que faz falta.

Por isso, a melhor alternativa para garantir uma declaração justa, com o máximo de restituições e isenções possíveis, conte com um contador para te ajudar!

O processo para a declaração – a grosso modo – é relativamente simples, considerando que você apenas queira cumprir com a obrigação e pagar o que for preciso para não cair na malha fina – ainda correndo esse risco. Isso é, se você optar por declarar por conta própria.

Sendo assim, para realizá-lo são necessários:

  • 1º – Juntar todos os documentos sobre suas informações de identificação, tais como RG, CPF e endereço, suas despesas, receitas, dependentes, etc;
  • 2º – Realizar o download do programa de declaração do IRPF 2019 e preenchê-lo com os seus dados;
  • 3º – Escolher entre os modelos de declaração Completo ou Simplificado, onde no Simplificado são descontados 20% sobre o cálculo do imposto de renda, substituindo todas possíveis despesas dedutíveis, e no Completo é possível deduzir as suas despesas, proporcionando um recolhimento menor da sua declaração de imposto de renda. Processo que é aconselhável de ser executado com o auxílio de um profissional contábil;
  • 4º – Enviar a sua declaração de IRPF 2019, mas com cuidado! É fundamental que você verifique antes se todas as informações foram preenchidas corretamente.
  • 5º – Certificar-se de que está tudo de acordo e que não foram enviados dados incoerentes, porém, caso isso ocorra você ainda pode contar com a declaração retificadora e corrigir o erro cometido.

Conheça as principais mudanças do IRPF 2019

Agora que você já sabe como realizar a declaração de IRPF 2019 é preciso ficar atento também às mudanças na declaração, tais como:

  • Dependentes, independente da idade, precisam constar em sua declaração;
  • As Doações Diretamente na Declaração – ECA fazem parte das Fichas de Declaração do contribuinte, não se restringindo ao resumo da declaração;
  • O valor da Alíquota Efetiva (porcentual) deve ser discriminado na relação de rendimentos tributáveis.

Mas, caso tenha ainda alguma dúvida, ou queira garantir impostos muito menores para o seu negócio, entre em contato com os nossos profissionais e garanta uma declaração de IRPF 2019 efetiva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar