Estoque Na Sua Distribuidora De Cosméticos

A má gestão de estoque na sua distribuidora de cosméticos significa dinheiro parado!

A má gestão de estoque na sua distribuidora de cosméticos pode trazer prejuízos para a empresa. Qualquer estabelecimento comercial deve ter todas as mercadorias necessárias para garantir o melhor atendimento de seus clientes.

Porém, é necessário controlar cuidadosamente a quantidade dos produtos para evitar dinheiro parado.

Para evitar que o capital investido não traga retorno por tempo demais, a distribuidora de cosméticos deve ter uma boa gestão de estoque, evitando que faltem produtos ou que eles estejam em quantidade maior do que o necessário.

Dessa maneira, o empresário deve fazer o acompanhamento constante do seu inventário, adequando suas compras ao fluxo de vendas e investindo o necessário para gerar a movimentação, sem deixar de atender a quaisquer pedidos.

Sabemos que quanto menor é o estoque, menos dinheiro parado a distribuidora de cosméticos terá, mas a falta de produtos provoca efeito contrário, acarretando na perda de vendas e, consequentemente, também do dinheiro.

Faça uma estimativa do estoque necessário para a distribuidora de cosméticos

Se você está começando agora com sua distribuidora de cosméticos, a gestão de estoque pode não se mostrar tão eficiente, mas irá oferecer números que permitirão definir os produtos mais vendáveis e sua quantidade.

Determinando números necessários para o atendimento aos pedidos, é possível investir apenas o necessário, sem deixar dinheiro parado, sustentando o fluxo do estoque da distribuidora de cosméticos.

Para uma boa gestão de estoque, é essencial saber o que ele contém, fazendo o levantamento periódico completo dos itens e comparando as informações com o sistema de controle.

Conhecendo a quantidade de itens existentes, é possível saber quais os mais vendidos e os que devem ter sua venda estimulada, criando promoções e oferecendo descontos.

Através da gestão de estoque, é possível escolher melhor os produtos e investir naqueles que são mais vendidos. Essa análise deve ser feita através de algumas ferramentas específicas:

  • Conhecendo o mercado e mantendo atenção aos produtos que estão fazendo mais sucesso entre os consumidores. Através do acompanhamento de mercado, a distribuidora de cosméticos poderá investir melhor na compra de produtos mais adequados e solicitados pelos consumidores;
  • Curva ABC: a gestão de estoque, feita através da curva ABC, permite analisar e classificar a demanda pelos produtos em ordem decrescente, inclusive com a proporção de cada produto sobre o faturamento e sua margem de lucro. Com um histórico do número de produtos vendidos, é possível manter a gestão de estoques mais eficiente, aplicando no que oferece melhor retorno;
  • Cauda Longa (Long Tail): conhecendo os números de vendas de cada produto, a distribuidora de cosméticos poderá fazer as compras de acordo com a demanda e sua rentabilidade, possibilitando oferecer preços mais acessíveis em razão do número de itens vendidos.

Acompanhe o investimento na gestão de estoque

O investimento no estoque deve ser feito de forma a manter o capital girando, sem que o dinheiro fique parado, principalmente porque o próprio estoque possui um custo de manutenção.

Para manter uma boa gestão de estoque, é necessário fazer o levantamento de custos, incluindo todos os valores pertinentes e analisar o impacto que esses valores apresentam para os custos da distribuidora de cosméticos.

Conhecendo todos os valores, a distribuidora de cosméticos deve criar promoções para estimular a venda de produtos com pouca saída, movimentando sempre os valores e não mantendo dinheiro parado com produtos que não rendem.

Implante um sistema para gestão de estoque

Diante da diversidade de itens, para manter uma boa gestão de estoque, é necessário implantar um sistema informatizado que possa operar de forma integrada aos sistemas financeiros, permitindo conhecer melhor a movimentação dos itens e trazendo menos custos para a administração da distribuidora de cosméticos.

Com um sistema de gestão de estoque, é possível saber, através dos relatórios, as datas de compras de cada lote e o número de vendas, não deixando produtos ocuparem espaço que possam ser usados para outros com maior saída. Assim, o empresário não mantém dinheiro parado e investe com mais eficiência no estoque de produtos.

O sistema de gestão de estoque permite melhor organização, facilitando o controle de giro dos produtos, apontando entradas e saídas e aumentando a precisão do controle de cada item, permitindo fazer as compras de acordo com a demanda.

Criando promoções para movimentar o estoque

Com a gestão de estoque da distribuidora de cosméticos, quando um produto não está com muita saída, é possível fazer sua movimentação através de promoções, oferecendo espaço a novos produtos e movimentando o valor investido em estoque.

Dessa maneira, você, como empresário, saberá que seu dinheiro não está parado, mas sendo movimentado para trazer a lucratividade necessária para a empresa e investindo em seu desenvolvimento.

Se você não possui um sistema de gestão de estoque em sua distribuidora de cosméticos, converse com a Contábil Pirituba sobre o assunto e procure os meios necessários para manter o controle dos produtos e do movimento financeiro de sua empresa.

Aproveite e saiba mais sobre os principais controles de gestão para a sua distribuidora de cosméticos.

Sucesso e até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar